Blogs Livros Negócios

O que o livro Contágio me ensinou sobre criação de conteúdo

Procurando por livros relacionados a marketing encontrei o título Contágio – Porque as coisas pegam, escrito por Jonah Berger. Resolvi mergulhar nessa leitura e ver o que livro poderia me ensinar sobre criação de conteúdo viral, afinal, pra alguém que trabalha com marketing digital e blogs, nada mais importante que criar conteúdos compartilháveis.

Berger é um estudioso que trabalha em Universidades dos Estados Unidos e faz experimentos sociais e análises de comportamento para descobrir como a mente humana funciona, além de citar alguns de seus trabalhos no livro, o autor também explica experimentos de terceiros que tiveram resultados que demonstrassem que sua teoria estava certa.

O objetivo da pesquisa “protagonista” do livro era descobrir porque alguns conteúdos viralizam e outros não, e as conclusões obtidas são incríveis e fazem total sentido. Jonah Berger percebeu que existiam seis princípios para demonstrar porque alguns conteúdos se espalham e geram mais boca a boca que outros. E é sobre isso que vou falar neste post. Se você não quer spoiler do livro, não continue a leitura, mas se quer saber o que faz um conteúdo ter maior alcance, fique a vontade para ler mais!

Faça seu conteúdo viralizar em seis passos

Moeda Social – Nós queremos ser legais e mostrar o quanto somos legais. Quando conversamos com nossos amigos, familiares ou colegas de trabalhos, sempre fazemos questão de compartilhar alguma novidade, algo que julgamos interessante. Dessa forma, se um conteúdo contribui para que seu leitor obtenha uma “moeda social” ao compartilha-lo, existe muito mais chance de alguém copiar o seu link e enviá-lo a algum conhecido ou passar para todos os seus contatos em suas redes sociais.

Gatilhos – Quando você vê uma coisa que instantâneamente te faça lembrar de outra, isso foi um gatilho mental para que aquela lembrança fosse “ativada” na sua cabeça. Essa tática pode ser usada em marketing e vendas de formas boas ou ruins, por exemplo, para fazer com que você compre algo que nunca vai precisar, mas também para te lembrar que aquilo é exatamente o que você precisa para resolver um problema atual, deixar alguém mais feliz, ficar feliz ou demonstrar seu sentimento.

Emoção – Quais são as sensações que o seus conteúdos causam? Quais sensações eles deveriam causar? Você já parou para pensar em que tipo de sentimento faz as pessoas compartilharem um link? No livro podemos ver que são aqueles que fazem as pessoas, aqueles que deixam as pessoas com os ânimos exautados, sendo esses positivos ou negativos. Este quadro que mostra quais os sentimentos que causam excitação, ou sejam, tem maior chande de gerar compartilhamentos:

tabela emoções que causam excitação e geram compartilhamentos

Público – Tornar algo público faz com que as pessoas falem mais sobre isso. Ver mais pessoas falando, fazendo ou usando algo faz com que ainda mais pessoas queiram copiar aquilo. Um exemplo é o voto, como este não era um comportamento público as pessoas não se sentiam motivadas por outras em relação a essa atitude, foi então que idealizaram os adesivos com frases como “Eu votei em…”, porque ao ver que uma grande quantidade de pessoas haviam feito isso, outras também se interessariam. Dessa forma, torne seu conteúdo público para que seus leitores se sintam cada vez mais motivados a compartilhá-lo.

Valor prático – A partir daqui a parte técnica passa a contar pontos. Quando um conteúdo tem valor prático, ou seja, nos ensina algo, ele consequentemente faz com que mais pessoas queiram compartilhá-lo. Isso acontece devido à outro ponto já citado aqui: moeda social. As pessoas querem parecer legais e úteis para amigos, familiares e colegas de profissão. É por isso que vídeos com receitas fáceis, tutoriais de como consertar as coisas ou como criar artigos de decoração fazem tanto sucesso na internet.

História – Envolva seus leitores, ouvintes ou telespectadores contando uma história. O autor faz uma analogia com o Cavalo de Troia, visto que você vai estar o presenteando com uma história que o cativa, mas dentro dela poderá incluir o seu conteúdo. Coloque sentimento nessa história e ela, junto com o que você quer que se torne viral, será compartilhada.

Pronto. Já contei pra vocês o que aprendi do livro e deu um super spoiler contando praticamente tudo que Jonah Berger ensina lá. Agora é sua vez, siga os seis passos para criar conteúdos compartilháveis e faça com que seu trabalho tenha maior alcance, seja ele um link, um produto, um serviço ou o que for. Devo lembrar que mesmo já contando bastante coisa aqui, ainda assim eu indico a leitura. Não pude citar todos os exemplos aqui, mas eles são muito importantes para entender o porquê de fazer cada uma dessas coisas e como fazê-las da forma correta. Eu li o livro “Contágio – Porque as coisas pegam” no Kindle e baixei pelo site Le Livros, mas com uma rápida pesquisa no google você acha impressos com ótimos preços.

Este post foi útil para você? Te ensinou algo? Compartilhe sua opinião com a equipe do blog deixando um comentário. É muito importante para o blog saber o que seus leitores acham do conteúdo compartilhado por aqui. ♥

 

Você também pode gostar

6 Comentários

  • Reply
    Tati Souza
    09/02/2017 as 1:56 pm

    Amiga, que post maravilhoso! Preciso desse livro pra ontem. ♥

    Interessante esse estudo… O bom é que depois dessa leitura, a gente consegue listar novas metas pra quando estivermos criando nossos conteúdos né? Amei mil vezes.

  • Reply
    Mayara
    09/02/2017 as 4:37 pm

    Adorei o post, dicas muito importantes e que fazem total sentido, quero!
    http://www.desencana.com

  • Reply
    Josiane Paganini
    10/02/2017 as 2:46 pm

    Gostei da dica de livro, vou colocar na listinha ( nunca para de crescer minha prateleira de livros) <3 Tô lendo o ciclo da auto-sabotagem, que é ótimo para ajudar a eliminar a procrastinação de escrever pra revista

  • Reply
    Joicy recco
    10/02/2017 as 10:09 pm

    Tati amei a resenha é a indicação do livro. Vivo procurando leituras assim para estar me aperfeiçoando na questão do blog. Já coloquei esse livro na minha lista. Beijos <3

    • Reply
      Joicy recco
      10/02/2017 as 10:12 pm

      Desculpa Lorena, eu vi comentario dá Tati é fiquei com o nome dela na cabeça. Desculpa, na próxima não vai acontecer isso. Que vergonha

  • Reply
    Nayara
    11/02/2017 as 12:05 am

    Lorenna amei saber da existência desse livro! Respondeu algumas perguntas pertinentes na minha cabeça seu post! Vou adquirir já! Adorei seu blog

  • Deixe seu recado. Sua opinião é muito importante para nós! ♥