25/07/2016 | falando sobre Séries

Em uma semana a fama da série Stranger Things se espalhou pelo país e deu o que falar! Corri pra assistir e acabei a primeira temporada em um dia, amei. A parte ruim disso tudo é que pelo que dizem, só teremos próximos episódios em 2018. Enquanto isso, trouxe pra vocês a sinopse e listei seis motivos pra quem ainda não está nessa espera comigo se juntar ao clube.

Ambientada em Montauk, Long Island, conta a história de um garoto que desaparece misteriosamente. Enquanto a polícia, a família e os amigos procuram respostas, eles acabam mergulhando em um extraordinário mistério, envolvendo um experimento secreto do governo, forças sobrenaaturias e uma garotinha muito, muito estranha.

Stranger things

Stranger Things tem a temporada pequena

De início, achei bom porque são oito episódios e daria pra ver nas férias e aproveitar o tempo livre. Agora que acabou eu sei bem que isso não é grande vantagem. São apenas oito episódios, mas os episódios são tão eletrizantes que só percebi que estava no último quando a Netflix não passou pro próximo automaticamente.

El, Eleven ou 011 e sua força + extrema fofura

Uma das personagens principais é interpretada por Millie Bobby Brown. Na série, ela tem dons especiais e foi criada em uma instituição de pesquisa científica, por isso seu nome na verdade é uma codificação, 011. El é uma moça quieta e não fala muito, porém, é extremamente expressiva e seu olhar diz tudo que ela precisa.

Stranger things

Crianças como personagens principais

Vi a foto do elenco antes de começar e parecia uma versão internacional de carrossel pela carinha de feliz da criançada, mas olha, me impressionei. Além de atuarem bem, o fato de ser algo que não estou acostumada, uma série composta por atores mirins, me deixou ligada na história e interessada por saber como eles iam se virar diante das situações.

Trilha sonora

As músicas que passam durante a trama são ótimas e tem harmonia total com a história/momento. Confesso que pra mim, a parte sonora faz toda a diferença pra que eu me envolva de verdade com o que estou assistindo. The Clash, Toto, Jefferson Airplane, New Order, The Bangles, Dolly Parton… Logo que acabei eu corri pra baixar e encontrei essa matéria aqui com o nome das músicas e playlists prontas no spotify.

Estilo anos 80

Figurino, penteados, trilha sonora (já citada anteriormente) e referências que remetem aos anos 80.

Stranger things

Ótimo uso das referências

Goonies, E.T, A Coisa, Star Wars, Dungeons and Dragons, Senhor dos Anéis… a série faz referências sem copiar, o que é interessantissímo, algumas eu só percebi depois de ler sobre na internet, aparece no enredo sem interromper a originalidade da série Stranger Things.


Já assistiu a série? O que achou? Quero saber a opinião dos leitores. Se você ainda não viu e esse post te incentivou de alguma forma, conta aqui e compartilhe o link nas suas redes sociais. No mais… Boa diversão!

Por Lorenna Guerra
19/07/2016 | falando sobre Fitness

Como venho frisado na maioria das minhas postagens, não há desculpa para não mantermos a boa forma. O seu foco depende única e exclusivamente de você. Partindo da suposição de que estamos todos focados e assíduos com nossa rotina, resolvi fazer uma parte dois do post anterior sobre como montar uma academia em casa. Novamente, provamos que não é necessário um espaço grande para nos exercitarmos.

Como o post anterior dizia, apenas 3% da população brasileira frequenta academias de ginásticas e se a sua falta é de tempo, disposição ou de dinheiro, aqui está a solução. A maioria dos produtos que separei são de preço acessível, o que torna o investimento um excelente custo-benefício.

KETTLEBELL

Foto: Reprodução/CorreSaltaLança

Foto: Reprodução/CorreSaltaLança

Ela é uma bola de peso que pode ser escolhida de acordo com a sua necessidade. Por ser um peso livre, ela permite que a maioria dos maiores grupos musculares sejam trabalhados, auxiliando tanto na queima de gordura, quanto no aumento da resistência e ganho de massa magra, por exemplo. PREÇO MÉDIO: R$70,00

FITA TRX

Foto: Reprodução/Bom Corpo

Foto: Reprodução/Bom Corpo

A TRX é comumente utilizada no treinamento funcional. É uma fita suspensa no teto/parede que nos faz utilizarmos o peso do próprio corpo como carga. Ela é ótima para trabalhar a coordenação motora, resistência de força, postura e estabilidade. Com ela, a nossa consciência corporal se eleva demais!PREÇO MÉDIO: R$110,00

CORDA

Foto: Reprodução/Natue

Foto: Reprodução/Natue

Diferente das que estamos acostumados, essa é de plástico. Com isso, sua movimentação se torna mais eficaz. Acho que todos sabemos para quê ela serve, não é mesmo? Uma excelente opção para o sistema cardiorespiratório! PREÇO MÉDIO: R$20,00

TAPETE DE YOGA/COLCHONETE

Foto: Reprodução/Mixa

Foto: Reprodução/Mixa

Ambos são ótimas alternativas para fazermos flexões, abdominais e demais exercícios sem nos sujarmos ou machucarmos. Essencial para que tenhamos em casa. PREÇO MÉDIO: R$60,00

JUMP

Foto: Reprodução/Guia do Corpo

Foto: Reprodução/Guia do Corpo

O famoso jump! Esse mini-trampolim tem se tornado cada vez mais popular aqui no Brasil. Nas aulas são feitas misturas entre dança e aeróbicos. Uma boa para quem quer trabalhar o sistema cardiovascular, perder peso e tonificar as pernas. PREÇO MÉDIO: R$150,00

KANGOO JUMP

Foto: Reprodução/Fabiana Scaranzi

Foto: Reprodução/Fabiana Scaranzi

Parece um patins, mas não é. Assim como todos os equipamentos que coloquei aqui, esse é super versátil e móvel. Pode ser levado para qualquer lugar. Por mais que o seu preço não seja acessível como o dos demais, vale à pena. Têm as mesmas funções que o Jump mas nos dá uma melhor mobilidade. PREÇO MÉDIO: R$600,00

Vocês possuem algum equipamento desses ou têm desejo em comprar? Espero que tenham gostado!

Páginas12345... 174»

Top